Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -

Fanfic: ❤O Visconde Que Me Amava❤ | Tema: Romance


Capítulo: Capítulo 5 (X)

16 visualizações Denunciar


Acontecera após o fiasco no lago Serpentine. Ele havia ficado tão furioso com ela que mal podia falar. Foi surpreendente que, no fim das contas, tivesse conseguido dizer alguma coisa
a Anahi durante o rápido percurso de volta à casa dela. Tudo o que conseguira produzir fora uma conversa educada: palavras irrefletidas banais que saíam de sua boca sem que ele se desse conta.
Com certeza, fora uma bênção, pois sua mente definitivamente não estava onde deveria:
em Anahi, a futura esposa.
Ah, ela não havia aceitado se casar com ele. Ele não tinha nem pedido. Mas Anahi
satisfazia todos os pré-requisitos que ele estabelecera para que uma mulher se tornasse sua esposa. Alexander já havia decidido que ela seria a pessoa com quem se casaria. Era bonita, inteligente e tranquila. Atraente sem fazer o sangue dele ferver. Os dois passariam anos agradáveis juntos, mas ele nunca se apaixonaria por ela.
Ela era exatamente o que ele precisava.
E ainda assim...
Alexander estendeu a mão para o copo e acabou a bebida em um único gole.
... Ainda assim, ele havia sonhado com a irmã dela.
Tentou não se lembrar dos detalhes do sonho – do calor e do suor –, mas havia bebido apenas um drinque naquela noite e isso certamente não fora capaz de apagar suas lembranças. Embora não tivesse intenção de beber mais, a ideia de se entregar ao esquecimento começava a lhe parecer atraente.
Qualquer coisa seria atraente se significasse que ele não se lembraria.
Mas ele não tinha vontade de beber. Havia anos que não se embriagava. Parecia coisa de jovens, nem um pouco atraente para um homem de quase 30 anos. Além disso, mesmo que decidisse buscar a amnésia temporária em uma garrafa, ela não viria rápido o suficiente para afastar a lembrança dela.
Lembrança? Rá. Nem era uma lembrança real. Fora apenas um sonho, recordou-se. Apenas um sonho.
Naquela noite, ele adormecera depressa ao retornar para casa. Tirara as roupas e
mergulhara em uma banheira de água quente por quase uma hora, tentando afastar o frio que ia até os ossos. Não tinha mergulhado por completo no lago Serpentine, como Anahi, mas suas pernas haviam ficado encharcadas, assim como uma das mangas, e a sacudida estratégica de Newton garantira que nem um centímetro de seu corpo permanecesse quente durante a volta à casa das Sheffields no cabriolé emprestado. Após o banho, ele se metera na cama sem se importar com o fato de que ainda era cedo para dormir e que ainda seria ao menos por uma hora. Estava exausto e sua intenção era adormecer profundamente, sem sonhar com nada, até os primeiros sinais da aurora.
Mas, em algum momento durante a noite, seu corpo fora tomado pela inquietude e avidez.
E a mente traiçoeira se enchera de imagens terríveis. Ele as observava como se flutuassem próximo ao teto, e ainda assim sentia tudo: seu corpo nu movendo-se sobre uma forma feminina flexível, as mãos acariciando e apertando a carne quente, a confusão agradável de braços e pernas, o aroma almiscarado de dois corpos apaixonados – tudo isso estivera ali, quente e vívido em sua cabeça.
E então ele se movera. Um pouco apenas, talvez para beijar a orelha da mulher cujo rosto estava oculto. No entanto, quando se afastara para o lado, a fisionomia dela aos poucos ficara evidente. Primeiro, apareceu uma mecha densa de cabelos castanho-escuros, encaracolando- se suavemente e fazendo cócegas em seu ombro. Então ele se afastou mais ainda...
E a viu.
Rachel Sheffield.
Alexander acordara no mesmo instante e sentara-se muito ereto na cama, tremendo horrorizado. Fora o sonho erótico mais vívido que já tivera.
E seu pior pesadelo.
Tateou os lençóis com uma das mãos, de forma frenética, temendo encontrar a prova de sua paixão. Que Deus tivesse piedade se ele realmente houvesse ejaculado enquanto sonhava com a mais terrível das mulheres que conhecia.
Graças ao Senhor, os lençóis estavam limpos. Assim, com o coração disparado e a respiração ofegante, ele voltou a se reclinar nos travesseiros com movimentos lentos e cautelosos, como se isso, de alguma maneira, pudesse evitar a repetição do sonho.
Fitara o teto durante horas, primeiro conjugando verbos em latim e depois contando até mil, numa tentativa de manter o cérebro concentrado em algo que não fosse Rachel Sheffield.
E, para sua surpresa, conseguira exorcizar a imagem da mente e adormecer.
Mas agora ela voltara. Estava ali. Em sua casa.
Era um pensamento terrível.
E onde diabo estava Anahi? Por que não acompanhara a mãe e a irmã?
Os primeiros acordes de um quarteto de cordas passaram por debaixo da porta, dissonantes e confusos. Sem dúvida, era o aquecimento dos músicos que a mãe contratara para acompanhar Maria Rosso, a última soprano que tomara Londres de assalto.
Alexander com certeza não dissera isso à mãe, mas ele e Maria haviam tido um agradável interlúdio da última vez que ela viera à cidade. Talvez ele devesse considerar renovar a amizade dos dois. Se a beleza italiana exuberante não curasse o que o afligia, nada poderia.
Ele se levantou e empertigou os ombros, consciente de que parecia se preparar para uma batalha. Droga, era assim que se sentia. Talvez, se tivesse sorte, conseguisse evitar qualquer contato com Rachel Sheffield. Imaginava que ela não teria interesse em interromper o que quer que estivesse fazendo para entabular uma conversa com ele. Já ficara muito claro que a opinião que ele tinha dela era recíproca.
Sim, era isso que faria. Evitaria Rachel Sheffield. Não podia ser difícil, não é?


Compartilhe este capítulo:

Autor(a): zellmagn

Esta é a unica Fanfic escrita por este autor(a).

Prévia do próximo capítulo

CAPÍTULO 6 "O recital de Lady Bridgerton mostrou ser, decididamente, um evento musical (esta autora garante que nem sempre essa é a regra nos recitais). A artista convidada era ninguém menos que Maria Rosso, a soprano italiana que fez sua estreia em Londres há dois anos e voltou agora depois de um breve período nos palcos de Viena.Com cabe ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 5



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • nathalia_muoz Postado em 25/02/2021 - 01:36:12

    Nueva lectora, me encanta la historia

  • nathalia_muoz Postado em 25/02/2021 - 01:35:42

    Continúa por favor

  • lariiidevonne Postado em 20/02/2021 - 22:12:21

    Continua por favor

    • zellmagn Postado em 22/02/2021 - 18:16:20

      Postei Bem-vinda

  • lariiidevonne Postado em 20/02/2021 - 22:12:05

    Amando!



AVISO

Ajude o Fanfics Brasil a se manter no ar. http://pag.ae/7UPKhhi9u

Doar PagSeguro

 


Últimas postagens do Blog


  • 8 dicas para se tornar um escritor de sucesso
    Fanfic é bom para passar o tempo, se desligar um pouco, ou - se você é um escritor especialmente auspicioso - ganhará uma tonelada de dinheiro. É que supostamente ganhou cerca de US$ 80 milhões, graças a 50 Tons de Cinza. Então, o que é...
  • Feliz dia do leitor
    Parabéns a todos os leitores(as) de fanfics pelo dia do leitor e principalmente aos criadores de conteúdo que proporcionam uma boa leitura. Você Conhece a Origem do Dia do Leitor? O Dia do Leitor foi criado em homenagem à fundação do jornal cearense O POVO...