Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro

Fanfic: Destinado (3ª temporada) (Adaptação - Vondy) | Tema: Vondy, Romance, Adaptação


Capítulo: Capítulo 88

59 visualizações Denunciar


Dulce e Christopher: Maite! — gritamos juntos ao atravessar a porta da sala.


Madalena: Senhores! — Madalena arfou, tentando acalmar nossa filha. — Ah, minha nossa, como é bom tê-los em casa!


Assim que nos viu, Maite parou de chorar e começou a se esticar toda em nossa direção. Dulce a pegou e eu as abracei. A suavidade de sua pele me atingiu como um coice. Seu cheiro puro e doce penetrou meus sentidos. Os sons de contentamento que lhe escapavam da garganta ecoavam diretamente em meu peito. Sua mão pequenina deu leves tapinhas em meu rosto.


Ela tinha razão. Eu merecia aquilo.


Dulce: Parece que ela está mais pesada! — Dulce disse, enquanto Maite segurava seu nariz e o colocava na boca.


Christopher: E cresceu pelo menos uns três centímetros. — Brinquei com um de seus cachos. — O que andou comendo, meu amorzinho? Fermento?


Ela arrulhou uma resposta, largando o nariz de Dulce para levar a mão coberta de baba à minha boca. Eu sentira tanta saudade disso. Mesmo quando não lembrava que sentia falta dela.


Madalena: Ela tem estado muito manhosa nestes últimos dias. — Madalena tinha os olhos presos em meus trajes. Pela maneira como suas sobrancelhas estavam contraídas, ela não gostou da moda do século vinte e um. — Presumo que seja pela falta dos pais e da tia. Eu não sabia mais o que fazer.


Dulce me entregou nossa filha e abraçou Madalena.


Dulce: Obrigada, Madalena. Obrigada por cuidar dela enquanto estivemos fora.


Madalena: Não há nada que agradecer, minha querida. — Ela apertou Dulce com força e subitamente a soltou. — Oh, senhora Uckermann! A senhora está um desastre.


Dulce riu.


Dulce: É! Mas um desastre que finalmente voltou para casa! — E sapecou um beijo na bochecha da mulher, que logo adquiriu um tom rosado.


Madalena: Onde está a... senhorita Anahí! — Madalena exclamou, ao vislumbrar minha irmã passar pela porta.


O olhar de Anahí vasculhou a casa, do chão ao teto, como se ela não a visse havia mais de cem anos, e não apenas cinco dias. Então ela sorriu para a governanta e correu para os braços já à sua espera.


Anahí: Ah, senhora Madalena.


Madalena: Minha menina! Por onde andou? E que trajes são estes?


Anahí: É uma longa história, senhora Madalena.


Madalena: Oh, é claro. A senhorita parece exausta. Senhor Gomes! Senhor Gomes! — E soltou Anahí. — Por onde andaram? Por que não nos deram notícias? A guarda está há dias procurando por vocês!


Dulce: Não tivemos como avisar — Dulce se apressou, pegando Maite quando esta se jogou em seu colo outra vez.


Maite: Tititititi — Maite resmungou, esticando a mãozinha em direção à tia, os dedos gorduchos se abrindo e fechando.


Anahí: A titia também sentiu saudade, princesinha. — Anahí pegou sua mãozinha e a beijou. — Muita mesmo!


Christopher: É melhor mandar alguém avisar a guarda que estamos em casa — ponderei.


Madalena: Minha nossa, eu mal dormi estes dias, patrão! — Madalena uniu as mãos sobre o peito. — Ficava imaginando que algo terrível tivesse acontecido, e os boatos... Oh, senhor Uckermann, se o senhor ouvisse o que estão dizendo da senhorita Anahí... — Os olhos dela marejaram.


Gomes escolheu esse momento para entrar. O alívio que lhe coloriu as feições foi logo substituído pelo estranhamento de nossas vestes. Ele se recompôs o mais depressa que pôde, ao contrário da governanta, que continuava fitando meus trajes e os de Anahí com o cenho encrespado. Ao que parecia, as roupas de Dulce, apesar de mais reveladoras, não a surpreendiam tanto assim. Acabei sorrindo.


Sr. Gomes: Senhor Uckermann. É muito bom tê-los de volta — meu mordomo disse, naquele seu tom austero.


Christopher: Obrigado, Gomes. É bom estar em casa. Pode pedir a Sebastião ou a Isaac que vá até a vila e avise as autoridades que retornamos de nossa viagem?


Ele pareceu surpreso.


Sr. Gomes: Viagem, senhor?


Christopher: Viagem, senhor Gomes.


Ele não questionou, apesar de saber muito bem que eu mentia. Bem, não era exatamente mentira.


Sr. Gomes: Farei isso imediatamente. — Ele se apressou em se retirar, mas eu o detive, pousando a mão em seu ombro.


Christopher: Como Maite se comportou?


Sr. Gomes: Bem, senhor. Admito que colocá-la para dormir foi um suplício. Nem eu nem a senhora Madalena conseguimos acalmá-la. Sua tia tem vindo aqui todos os dias para nos socorrer. Estranhamente, a senhorita Maite parece gostar dela.


Dulce deu risada, beijando a testa de nossa menina, que agora se divertia com seu colar.


Sr. Gomes: O senhor Herrera também esteve aqui algumas vezes — ele comentou.


Relanceei Anahí, que agora tinha o olhar fixo em meu mordomo.


Anahí: Ele esteve aqui? — ela quis saber.


Sr. Gomes: Sim, senhorita. No dia de seu desapa... de sua viagem, ele ficou aqui até a noite cair. O mesmo aconteceu no dia seguinte. Chegou cedo, à procura de notícias, e só foi embora quando a lua já estava alta. Ontem ele retornou, mas não se demorou muito.


Anahí: E hoje? — Anahí exigiu saber, a testa franzida.


O senhor Gomes manteve a postura e a expressão, mas pude ver um pequeno estreitar de desagrado no canto de seus olhos enrugados.


Sr. Gomes: Ele não apareceu, senhora.


Madalena: Mas deve ser porque o doutor Almeida também viajou — apressou-se Madalena, lançando a Gomes um olhar afiado. — Agora ele é o único médico da região, e deve ter tido tanto trabalho que acabou impedido de vir em busca de notícias suas.


Dulce: Com certeza — Dulce concordou depressa.


Anahí: Decerto — Anahí murmurou, forçando um sorriso. Não fui o único que percebeu seu abatimento.


Dulce me entregou Maite, o olhar buscando o meu. Ela estava preocupada. Eu também.


Dulce: Madalena, poderia preparar um banho para a Anahí? — ela pediu. — E para o Christopher também. Estamos imundos, sujos de terra.


Madalena: E carrapicho-picão! — A mulher baixou as sobrancelhas. — Quase tenho medo de perguntar o motivo.


Dulce: A mamãe já volta — Dulce disse a Maite, afastando os finos cabelos que lhe caíam na testa. — E aí eu vou querer saber tudo o que você andou aprontando enquanto eu e o papai estivemos fora.


Maite: Papa! — Mas Maite se inclinou em direção a Dulce, fazendo-me segurá-la com mais firmeza. Ela espalmou as bochechas da mãe e plantou um beijo molhado em seu nariz. Quando se endireitou, um fio de baba se esticou entre seu rosto e o de minha esposa. Dulce riu, usando o dorso da mão para secar a boca de nossa menininha, depois seu nariz.


Dulce: Senti tanta saudade de você, Maite... — Seus olhos cintilavam ao se esticar para retribuir o beijo. — Vejo vocês dois daqui a pouco. Vem, Anahí. — Dulce se juntou a minha irmã e passou um braço em torno de seus ombros. — Vou te ajudar a se livrar do carrapicho nos cabelos. — E começou a guiá-la em direção ao quarto.


Anahí parecia entorpecida ao acompanhá-la.


Eu precisaria ter uma conversa com minha irmã, sem demora.


************************************



Compartilhe este capítulo:

Autor(a): delenavondy

Este autor(a) escreve mais 15 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
Prévia do próximo capítulo

Maite: Papa! — Maite deu palmadinhas em meu rosto. Christopher: Sim, meu amorzinho? Percebendo que ela queria ir para o chão, eu me abaixei com cuidado. Ela engatinhou para baixo da mesa de centro e retornou com um brinquedo na mão. Um cavalo de madeira que Gomes entalhara para ela no mês anterior. Maite: Oite, papa! — Ela me entregou o br ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 108



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • vondy_dulcete Postado em 03/11/2021 - 15:06:00

    O Ucker é um verdadeiro príncipe ♥️ quase chorei com ele

    • delenavondy Postado em 04/11/2021 - 18:20:56

      <3

  • vondy_dulcete Postado em 03/11/2021 - 15:05:21

    AFF que perfeito sua fic&#9829;&#65039; amei amei amei

  • taianetcn1992 Postado em 02/11/2021 - 07:53:42

    Aí meu deus, ameiii essa maratona, já quero mais como sempre &#128584;

    • delenavondy Postado em 02/11/2021 - 21:13:50

      Que bom <3 Vou terminar hoje os últimos capítulos

  • mandinha.bb Postado em 29/10/2021 - 14:22:04

    Estou megamente ansiosa por mais, sinto que logo eles encontram a Any, ainda mais agora que o Ucker recobriu a memória e acho que o cara que estava preso com o Ucker tem algo no meio, esse amigo dele deve estar com a pessoa que está com a Any, muito estranho o comportamento dele... Continuaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa plisssssssssssssssssssssssssssssssssss

    • delenavondy Postado em 30/10/2021 - 00:24:37

      já já posto mais...

  • taianetcn1992 Postado em 28/10/2021 - 05:32:47

    ansiosa pelos proximos

  • taianetcn1992 Postado em 28/10/2021 - 05:32:36

    quero mais

  • taianetcn1992 Postado em 28/10/2021 - 05:32:28

    voltaaaaaa

  • taianetcn1992 Postado em 28/10/2021 - 05:32:21

    kd vc ?

    • delenavondy Postado em 29/10/2021 - 00:17:17

      Desculpe, estou meio ocupada esses dias. Mas amanhã trago mais capítulo ok !

  • taianetcn1992 Postado em 28/10/2021 - 05:32:09

    pelo amor de deus

  • taianetcn1992 Postado em 28/10/2021 - 05:32:01

    mais mais mais


- Links Patrocinados -

Nossas redes sociais