Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro

Fanfic: Reminiscência | Tema: Lésbico, Romance, Drama, Normani, Lauren Jauregui, LGBT


Capítulo: Prólogo

59 visualizações Denunciar


                Às vezes a vida me coloca em situações de autoanálise. Igualmente, como estou fazendo neste exato momento. Olho para trás e vejo o quanto a vida já me derrubou. Tive que tirar forças do meu âmago para me levantar e recomeçar, sem nunca permitir que a vontade de continuar fosse vencida pela de desistir. 


                   Para mim, uma mulher preta, que por muitos anos não me aceitava como sou, tive que aprender desde cedo na prática o significado da solidão. Por muito tempo em minha infância também estive sozinha e, às vezes, até preferia estar assim, pois meus familiares e colegas nunca me compreendiam. Contudo, foi na adolescência que descobri o que era estar rodeada de pessoas e, ainda assim, me sentir completamente solitária. 


               Quando menciono que tive colegas e não amigos durante a infância é por hoje perceber que, realmente, não os tive. Eram pessoas com quem brincava, mas sempre que queria conversar, suas mentes pareciam ser ligadas apenas ao universo da típica diversão infantil - não os julgo, afinal, éramos crianças.


                   Contudo, em determinados momentos, eu preferia me sentar na calçada da minha casa, ligar meu radinho à pilha - presente de minha avó - e pensar em como eu poderia ajudar minha família a não passar necessidade, ainda que tivesse apenas oito anos. Foram tempos difíceis e mostraram-me que mesmo sem ser do meu suor, cada pequena coisa que a mim era dada por minha mãe e/ou avó, era importante e eu deveria valorizar pela batalha de cada uma em me ofertar com o melhor que podia.


            Por mais que durante toda a minha adolescência eu me mantivesse afastada emocionalmente de ambas por motivos de incompreensão e acolhimento, por parte delas, eu sempre reconheci e fui grata por suas lutas diárias para não permitir que o primordial faltasse a mim e aos meus irmãos. Estes que desde cedo se mostraram ser enormes desafios em minha vida junto à base de todos os preconceitos - o racismo


                   Sim, no mundo em que vivemos, na sociedade ao qual pertencemos, é impossível eu, enquanto, uma mulher preta não contar minha história sem grande parte dela envolver todo o racismo que já sofri. Mas, como disse anteriormente, este preconceito foi o primeiro de tantos outros que, forçadamente, aprendi a lidar. 


                Não foi fácil combater o preconceito, principalmente, quando nem percebia que estava o sofrendo. Na minha infância o racismo, muitas vezes, veio disfarçado de brincadeira. Não cortar o mal pela raíz deu origem à uma criança que repudiava o espelho, pois não gostava do que refletia ao se mirar nele. 


                   Cresci entendendo que ser negra era estar fora do padrão de beleza, além de que aqueles que eram para te proteger das adversidades ruins, poderiam, na verdade, ser os criadores desses tempos difíceis. Aprendi que nem sempre o ambiente em que você nasce e vive durante muitos anos, pode significar lar. 


                   Busquei por afeto e encontrei frieza. Esperei por companheirismo e tive indiferença. Contudo, nada mais me doeu tanto quanto o dia em que, esperei ser compreendida e amada como eu realmente era, mas tive meus sentimentos ignorados, além de ser obrigada a fingir ser aquilo que nunca fui.


                    Como eu disse anteriormente, existem momentos que a vida me faz analisar tudo o que já passei - as dificuldades vivenciadas, os obstáculos que eu  ultrapassei, os erros cometidos que me fizeram crescer e me tornar melhor como ser humano, além das brigas internas para me manter de pé lutando quando parte de mim só queria ceder e desistir - Eu começo a perceber que nada do que vivi até aqui, me preparou para tomar uma das decisões mais difíceis de toda a minha vida.


                    Permito-me amar a mulher que no passado foi omissa diante de grande parte de todo o preconceito que já sofri? 


 


_____________________________________________________________________________


Olá, pessoal! 


Essa é a minha primeira fanfic e está sendo escrita de coração. Espero que vocês gostem e leiam de mente e coração abertos. 


Até o próximo capítulo.


Beijos, 


Autora Brown💗👭💋


 


 


 


 


 



Compartilhe este capítulo:

Autor(a): autorabrown

Esta é a unica Fanfic escrita por este autor(a).

- Links Patrocinados -
Prévia do próximo capítulo

Manissa São Luís - Maranhão Ano 2021 - Em um contexto não-pandêmico.  Assim como tudo que já obtive na minha vida nunca foi fácil, não seria diferente com o emprego que acabei de conquistar. Estava mais do que feliz quando o iniciei, há uma semana, na escola que mais ansiava trabalhar durante toda a minha ...



Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 2



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • Magda Postado em 01/12/2021 - 11:07:45

    continua!!!

    • autorabrown Postado em 02/12/2021 - 14:14:30

      Pode deixar!!!


- Links Patrocinados -

Nossas redes sociais