Fanfics Brasil - Dreaming of You Tu amor cayo del cielo

Fanfic: Tu amor cayo del cielo | Tema: RBD,Maite Perroni, Christopher Uckermann


Capítulo: Dreaming of You

72 visualizações Denunciar


Enquanto a pequena Elena se aproximava de Christopher,ele só conseguia ver Maite.Tudo nela era um lembrete gritante de quem Maite era.


 


Ela era a criança mais linda que ele já viu,seu cabelo e olhos,seu pequeno nariz,tudo nela era perfeito e ela tinha um sorriso que podia iluminar o mundo inteiro.


 


Aquele ser tão adorável era dele


 


E ele a abandonou..


Anita foi correndo até Christopher e o abraçou,já Elena ficou um pouco atrás,receosa.


 


—Vem Lena,eu quero te apresentar um amigo meu e do Sebas.(Angel disse à garotinha que parou ao lado dela)Esse é o Christopher,um amigo de longa data.


 


Elena analisou Christopher com seus pequenos olhos castanhos,ela parecia profusamente desconfiada com ele.


 


—Oi senhor Christopher (Elena Murmurou agarrada a Angelique.)


 


—Oi Elena.(ele sorriu bobo a menina que sorriu rapidamente)


 


—sabe Lena,Christopher era um grande amigo da sua mãe.(Sebastian disse,para fazer ela confiar em Christopher.)


 


—Da minha mamãe Mai?(ela perguntou saindo do lado de Angelique e indo se sentar ao lado de Christopher)


 


—Sim, nós éramos grandes amigos.(Christopher afirmou a menina)Eu trouxe um presente para você,na verdade,eu ganhei isso da sua mãe a muito tempo.(Ele disse e entrou o pacote a ela)


 


A menina arregalou os olhos enquanto segurava o presente nas mãos,ela rapidamente se virou para os tios e perfuntou


 


—Posso abrir agora?(Ela perguntou entusiasmada)


 


—Claro,mas onde está sua educação?(Angelique perguntou divertida)


 


—Desculpe.Obrigado senhor Christopher.(Ela murmurou envergonhada)


 


—Tudo bem,acontece.(Sebastian disse e fez carinho na cabeça dela)Nos vamos pegar uns picolés,você fica um momento aqui com Christopher?


 


—Fico tio..(Ela disse enquanto desfazia o pacote.)


 


Sebastian,Angelique e Anita se afastaram da dupla,indo em direção ao vendedor de picolé.


Mas estavam atentos aos dois.


 


—Você gostou?(Perguntou Christopher perguntou após ela abrir o pacote)Sei que é um pouco velho,mas..


 


—Eu adorei..(Ela murmurou enquanto olhava o ursinho de pelúcia)Se veio da minha mãe,eu amei.(Elena sorriu para ele)Você é amigo da mamãe a muito tempo?


 


—Sou.(Christopher falou)a conheci antes de você nascer.


 


—Nossa isso é muito tempo.(Ela afirmou)e onde você a conheceu?(Ela perguntou curiosa,quando o assunto era a mãe Elena queria saber de tudo)


 


—Bem numa festa do colegial,e desde aí não nos separamos,até eu ir embora..


 


—Ah sim,e você se lembra bem dela?Digo o sorriso ,o jeito de falar,essas coisas sabe.(Ela disse animada)


 


—Eu lembro bem, sua mãe tem um sorriso que pode iluminar o mundo igual ao seu,ela falava como se Clcada coisinha no mundo importasse,não importava o quão pequeno ou o quão insignificante fosse,ela fazia aquilo ser algo especial,ela sempre teve um coração enorme que caberia o mundo inteiro dentro, pois ela tinha uma bondade muito grande(Ele disse enquanto olhava a pequena que o ouvia fascinada)mas aposto que todos já te falaram dela.


 


—Bem,todos falaram,mas você fala como se a amasse ou sei lá... (ela disse fazendo uma expressão confusa.)


 


—Digamos que eu e sua mãe nos amamos por um tempo.(Ele sorriu levemente)


 


—Vocês foram tipo namorados?


 


—É,isso aí(Disse Christopher)Então,eu queria conhecer você,porque me disseram que você é igualzinha a ela,e como eu estava com muita saudade dela,vim conhecer a pessoa que ela mais amava no mundo todo.


 


—Como você sabe que ela me amou assim,se você não me conhecia?(Elena perguntou enquanto cruzava os braços )


 


—É que todas as mães amam seus filhos,e Maite sempre quis ser mãe,então eu tenho certeza no que digo.Então você quer brincar nos balanços,eu posso te balançar.


 


—Bem alto?(Ela perguntou)


 


—O mais alto possível.


 


Então Elena esticou a mão para ele, que levantou e os dois caminharam até os balanços.


 


Enquanto brincavam, Christopher tentava conhecer cada vez mais a filha,que apesar de ser parecida com a mãe,tinha muita coisa própria.


 


Angelique e Sebastian observaram os dois da onde estavam, Angelique sorriu pela interação entre eles,ela sabia que apesar do passado tumultuoso, Christopher tinha um bom coração e que amava Elena e Maite.


 


—Eles estão se dando muito bem(Disse Angelique ao marido)


 


—Acredito que estejam(Sebastian disse enquanto ajudava Anita a comer o picolé)Você vai ver Christopher vai acabar caindo de quatro pela Elena.


 


—Ele já caiu,olha o sorriso dele,acho que só vi ele sorrir assim com uma pessoa.


 


—Maite.(Sebastian murmurou)só espero que ele não esteja encarando isso como uma brincadeira ou um acerto de contas,ele pode magoar muito ela.


 


—Ele não vai fazer isso,apesar de tudo ele é bom.Eu sei que eles vão se dar bem e ele vai ficar encantado com ela.


 


—como todo mundo ao redor dela fica (Ele sorriu a esposa)Eu te amo.


 


—Tambem te amo Sebas.(Eles deram um breve selinho.)


 


—Eca!(Disse Anita olhando para os pais)


 


Os dois riram e continuaram tomando seu picolé, enquanto observavam pai e filha de longe.


 


 


 


 


• •


 


 


 


Depois de horas no parquinho,eles foram almoçar na casa de Angelique


 


Depois do almoço Sebastian e Angelique colocaram Anita para tirar uma soneca, dando assim mais tempo para pai e filha se conhecerem.


 


As horas passaram tão rápido e Elena se divertiu tanto com Christopher que nem se deu conta das horas.


Estava tudo tão divertido e ela adorou conhecer o novo amigo de sua mãe.


 


—Hey Lena,sua tio poncho ligou,disse que já está te esperando.(Sebastian disse da porta da cozinha)


 


—Oh!(Elena olhou para Christopher)Eu tenho um passeio especial com a minha tio poncho hoje,eu tinha esquecido!


 


—Bom,se você tem que ir,você tem ir.(Christopher disse um pouco chateado)


 


—Sinto muito,mas nós planejamos isso faz meses.(Elena s.e explicou)Mas eu adorei conhecer você.


 


—Eu também gostei de conhecer você pequena(Ele disse enquanto fazia carinho na bochecha dela)


 


—Mas a gente vai se ver de novo,não é?(Ela disse preocupada)Você não vai ficar bravo comigo porque eu tenho que ir embora,né?


 


—Jamais,Elena.(Ele afirmou enquanto fazia carinho no cabelo dela)Prometo que vamos nos ver muitas vezes e vamos fazer muitas coisas divertidas juntos.


 


—Você promete mesmo?porque muitas pessoas que eu conheço prometeram ficar e me abandonaram. você vai ser diferente?(Ela perguntou triste.)


 


—Porque eu sou o melhor amigo da sua mãe e eu fiz uma promessa pra ela,quando eu fui visitá-la,cuidar de você.


 


—Tudo bem então.(Ela murmurou ainda tristonha com a ideia de não ver mais o homem.)


 


—Lena(ele levantou o queixo de Elena) Não se preocupe ok?Eu prometo que nunca mais vou deixar você longe de mim.


 


—quando você fala assim parece que até me conhecia antes de hoje.(disse ela curiosa)


 


—É que eu gostei tanto de conhecer você, que até parece que te conheço faz tempo.(Christopher se explicou)


 


—Então está bem,vou ficar esperando então.(Elena disse animada)


 


—Vou deixar meu número de celular para você me ligar sempre que quiser,a qualquer hora(Ele falou anotando o número) aqui está.


 


—Está bem.(Ela olhou o número)Posso ligar mesmo?(Ela perguntou desconfiada)


 


—pode Elena(Ele levantou)Agora vamos lá na cozinha que eu quero falar com os seus tios.


 


 


 


• •


 


 


 


Sebastian e Angelique tomavam um café na bancada da cozinha,dando espaço para Christopher e Elena conversarem.


Os dois haviam se dado muito bem,coisa que agradou muito Angelique e Sebastian.


 


—Tia Angel,tio Chris quer falar com você.(Elena disse enquanto os dois entraram na cozinha)


 


—Pode falar.(Angelique disse e sorriu ao primo)Elena,que tal você ir arrumando suas coisas,daqui a pouco seu tio está chegando.


 


—Está bem!(Ela disse animada)Tchau tio Christopher,até a próxima.(Ela disse e o abraçou forte.)


 


Em seguida a menina subiu as escadas correndo para o andar de cima.)


 


—Então,o que você achou?


 


—Ela é perfeita,a criança mais doce desse mundo.


 


—Ela tira isso da mãe dela.(Disse Sebastian)Mas o que você queria falar.


 


—Eu gostaria de falar com a tia dela, Dulce.


 


—Porque?(Angelique perguntou desconfiada)


 


—Quero conversar com ela, tentar ajudar ela no que for possível,passar algum tempo com Elena ou sei lá…


 


—Ah claro e você vai chegar nela assim "Oi Dulce eu sou o pai da Elena,sabe uma história engraçada, ameacei a Maite de morte quando ela teve a Helena,e olha sumi por 7 anos,mas agora estou aqui porque tenho muito remorso.", imagina que legal.(Angelique disse ironicamente)


 


—Não é bem assim Angel,vou dizer que sou um amigo da Maite,como disse a Elena (Angelique cruzou os braços) quero ganhar a confiança dela,me aproximar a Elena.


 


—Desculpa Christopher (Angelique falou) Não tem como fazer isso.Dulce vai juntar 1+1 e vai saber quem você é.Eu sugiro mantermos isso em segredo,você vem vê-la quando ela está com a gente,até o momento em que q você quiser dizer a verdade.


 


—Você acha que essa é a melhor solução?(Christopher perguntou receoso)


 


—É a única.(Angelique afirmou)


 


—Estou pronta, tia Angel.(Disse Elena entrando na cozinha)gostou da minha roupa?


 


—Você está linda!(Angelique afirmou)Que tal um penteado bem bonito também.


 


—Eba!(Elena disse animada)


 


—Bom, então eu vou indo.(Christopher disse)


 


Ele abraçou Sebastian e murmurou um obrigado ,em seguida abraçou Angelique e fez o mesmo.


 


—Você tem sorte.(Ela murmurou de volta.)


 


Ele sorriu em agradecimento e se abaixou do tamanho de Elena.


 


—Sei que você já me deu tchau,mas eu gostaria de saber se você pode me dar um abraço de despedida.


 


—Claro!Eu adoro abraços!(Elena afirmou e abraçou o homem com força)Espero ver você logo tio Christopher.


 


—E logo você vai me ver (Ele disse enquanto estava abraçado a ela) eu tenho o endereço do seu internato,quem sabe eu não passo lá?


 


—Tem mesmo?(ela perguntou desconfiada e olhou para Angel que assentiu)


 


—Claro que tenho.(ele sorriu enquanto ela o encarava)Qualquer problema você pode me ligar tá certo?(Ela assentiu)Até logo Elena.


 


—Até logo, tio Chris(ela abraçou Christopher novamente)Não esqueça de mim.(Ela murmurou)


 


—Jamais vou esquecer de você.(ele disse abraçado a ela)Eu prometo.


 


Elena sorriu e deu um breve passo pra trás.


Christopher levantou e o tio Sebastian o levou até a porta.


Ela havia adorado o Christopher ,ele era o tipo de pessoa que sonhava ser o pai dela.


 


E ela sonhava muito com um pai.


 


 


 



Compartilhe este capítulo:

Autor(a): Hemsworth45

Este autor(a) escreve mais 10 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
- Links Patrocinados -



Loading...

Autor(a) ainda não publicou o próximo capítulo



Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 1



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • thefabulousemma Postado em 24/07/2022 - 09:42:28

    Oii!Primeira leitora. Estou gostando da história,já odeio o Christopher. A Elena é uma fofa. Continuaaa


- Links Patrocinados -

Nossas redes sociais