Fanfics Brasil - O retorno de Son Goku! O Instinto Superior eclode novamente! Dragon Ball GT Kai

Fanfic: Dragon Ball GT Kai | Tema: Dragon Ball


Capítulo: O retorno de Son Goku! O Instinto Superior eclode novamente!

15607 visualizações Denunciar



ALGUNS MINUTOS ANTES...

Goku e Jiren já estavam do lado de fora do Palácio de Zeno, conduzidos por Daishinkan.
— A comida estava deliciosa, obrigado mais uma vez Senhor Daishinkan. - Goku agradeceu enquanto passava a mão na barriga.
— Son Goku.
— O que foi Jiren?
— Me desculpe pelo transtorno que acabamos de passar.
— Por que você está dizendo isso?
— É que foi minha culpa você ter ido parar dentro daquele videogame comigo.
— Como assim?
— Zeno-sama queria que eu criasse o Beat'em Up divino perfeito e a única forma de fazer isso era através das memórias de um humano de grande poder que já viveu muitas batalhas e com isso em mente, logo chegamos no Jiren. - explicou Daishinkan.
— O Toppo então me mandou para cá em uma missão, nenhum de nós sabia do que se tratava e quando cheguei aqui para descobrir, eu tentei recusar e citei você, já que você é quem era íntimo deles, foi então que eles tiveram a ideia de usar a nós dois.
— Está tudo bem, foi divertido e serviu até como treinamento, depois de tanto lutar dentro do jogo, eu me sinto até mais forte!
— É, eu também acho que fiquei mais forte, não imaginava que você já tivesse derrotado tantos oponentes poderosos.
— Eu digo o mesmo Jiren.
Foi então que dois seres vindos do Universo 11 apareceram diante deles.
— Aqui estou meu pai, viemos buscar o Jiren.
— Olá Marcarita, obrigado por ter vindo de imediato. - disse Daishinkan, enquanto a anjo de traje azul o reverenciava.
— Toppo!
— Olá Son Goku, há quanto tempo?
— Que roupa é essa? - Goku perguntou, pois notou que Toppo vestia uma calça larga vermelha com um pano preto na frente onde havia o símbolo de Deus da Destruição do Universo 11. Ainda usava suas botas e luvas brancas, mas seu peitoral estava nu, coberto apenas por um pequeno poncho preto e vermelho listrado na região do pescoço.
— O Vermoud se aposentou e o Toppo agora é o Deus da Destruição oficial do Universo 11. - explicou Jiren.
— É sério? Que incrível!
— Apesar do Dyspo e do Kahseral serem os indicados hierarquicamente, eu decidi deixar a Tropa do Orgulho nas mãos do Jiren, que tem feito um ótimo trabalho no meu lugar. Aliás, não esperava que o Son Goku estivesse envolvido, você demorou Jiren.
— É uma longa e estúpida história, mas tudo já foi resolvido, eu te conto depois. - Jiren se voltou para Goku. - Nós já vamos indo Son Goku, mais uma vez me desculpe pelo transtorno, eu prometo que vou compensar isso algum dia de alguma forma.
— Está tudo bem Jiren, não se preocupe.
— Ah, eu ainda estou esperando pelo dia em que lutaremos de novo.
— É, eu também.
— Adeus Son Goku. - disse Toppo antes dos três partirem em um flash de luz.
— Agora creio que seja a sua vez Senhor Goku. - Daishinkan lhe chamou a atenção.
— Oh sim, onde está a Pan?
— Temos de falar sobre isso, a Pan já foi e talvez esteja em perigo neste momento.
— Do que está falando?
— Coisas aconteceram enquanto você esteve preso no videogame do Zeno-sama, eu vou lhe contar tudo...

AGORA...

Inteirado do assunto, Goku chegou ao Planeta Tsufuru, salvando a vida de Uub e os outros. Voltando ao normal, o vento esvoaçava seus cabelos negros e seu gi azul e amarelo ao descer diante de Uub.
— Eu sabia... Eu sabia que você viria mestre...
— Desculpe a demora Uub. - ele disse sorridente. - Estou feliz em te ver de novo!
— Vovô! - Pan avançou-lhe em um abraço.
— Papai! - Goten foi até ele de igual modo.
— Finalmente você chegou papai... - disse Gohan ao sair dos escombros do outro lado do local, com alguns ferimentos.
— Então este é Son Goku, o saiyajin mais poderoso. - comentou Baby consigo mesmo. - Já se vê que ele é diferente dos outros, até mesmo de Vegeta, pois foi naturalmente capaz de usar o ki divino do Deus Super Saiyajin para anular uma das técnicas mais poderosas do Bills.
Pan ajudava a tirar Uub dali, quando este falou:
— Me desculpe por não ter conseguido ajudar mais.
— Está tudo bem Uub, você lutou muito bem, agora deixe comigo, está bem?
— Acaba com ele vovô! - disse Pan e então Goku respondeu mostrando o polegar esquerdo em sinal de positivo.
Marron se aproximou deles, chamando a atenção de Goten.
— Marron?
Ela estava desolada ao ajoelhar-se diante do corpo destroçado de seu tio, ela chorou enquanto o saiyajin se abaixou para consolá-la. Goku ficou assustado, pois devido a sua chegada repentina, não teve tempo de reparar em volta.
— #17... - Goku então se atentou à destruição no campo de batalha e conseguiu enxergar Vegeta, vigiado por Whis e preso em um estado lamentável no final do pátio. - Vegeta...?!
Goku olhou furioso para Baby Bills, que recriava a membrana de tecido e a armadura de seu traje com novos cabos, para ficar como era antes do ataque de Piccolo.
— Enfim nos encontramos Son Goku.
— Então você é o Baby...
— Parece que já ouviu falar de mim. Eu também ouvi falar muito sobre você e tinha sua imagem nas lembranças do Bills.
— O Senhor Daishinkan me contou, eu não vou te perdoar por tudo o que você fez!
— Perdoar? Mas eu não quero o seu perdão, eu quero o seu sangue, seu símio nojento!
— Tch...
— Contudo, você e eu somos os líderes representantes de nossos povos e podemos negociar a dívida que os saiyajins têm com os tsufurujins.
— Líderes representantes? Mas que papo é esse?
— Acaso não é você a quem os outros saiyajins e os terráqueos traidores seguem, como os seus antepassados seguiam ao Rei Vegeta?
— Hum?
— Eu, Baby, o rei dos tsufurujins, exijo que os saiyajins paguem o crime cometido por seus antepassados com suas próprias vidas! Son Goku, mate-se a fim de salvar a honra da raça saiyajin!
— Não faço a menor ideia do que está falando, mas se está pedindo para eu me render, tenha a certeza de que isso não vai acontecer sem antes lutarmos!
— Hmpf, como eu imaginei, sua raça de macacos não possui nenhuma honra, portanto só me resta voltar ao plano original, que é exterminar todos vocês sem dó ou piedade! Agora vejo que o Uub só é odioso porque segue o seu péssimo exemplo!
— Tudo o que sei é que você machucou meus amigos e roubou o corpo do Senhor Bills e por esta razão é que eu não vou perdoar você! - enfurecido, Goku elevou seu ki em uma aura celeste densa que flutuou ao redor do seu corpo enquanto seus cabelos se ergueram e se tornaram azuis. Transformando-se em Super Saiyajin Blue, ele se colocou em sua posição de combate. - Vamos Baby!
— Como quiser saiyajin!
O combate começou com um encontro impactante acima do solo, os dois trocavam socos e chutes alucinadamente enquanto todos assistiam, inclusive o povo que havia se escondido nas proximidades, parecia que aquela seria a batalha que decidiria tudo. Whis observava atentamente, vendo em Goku uma esperança de libertação.
— Talvez agora haja mesmo uma esperança, todos contam com você Son Goku... Inclusive eu.
O comentário de Whis acordou Vegeta para atentar-se ao seu redor e erguendo a cabeça, conseguiu ver:
— Kakarotto...
Goku continuava a lutar, quando conseguiu acertar um soco em seu oponente. Agarrando sua perna, o girou no ar e o lançou para longe, disparando uma grande esfera de energia de sua mão direita. Baby Bills se estabilizou e respirou fundo antes de avançar novamente, prestes a ser atingido, seu Instinto Superior ainda não despertado entrou em ação e moveu seu corpo sozinho, manobrando pelo lado e se esquivando. O saiyajin foi surpreendido quando seu adversário se lançou de cabeça contra seu estômago e depois recuou ao agarrar seu pulso direito com a cauda, puxando-o e acertando-o no queixo com a ponta do pé direito e depois com um cruzado de esquerda que o lançou diagonalmente em direção ao solo, onde sofreu o impacto contra algumas rochas. Baby Bills avançou rapidamente com um soco que gerou um segundo impacto contra as mesmas rochas, o que as despedaçou ainda mais. Quase com as costas no solo, Goku segurou o soco com a mão direita, tendo a esquerda como apoio atrás da primeira, Baby tentou um segundo soco com a esquerda, mas Goku desviou, fazendo com que o punho dele atingisse o chão. Estando em horizontal, o saiyajin aproveitou então para dar um giro, com a perna esquerda, desferiu um chute em forma de voleio no quadril de seu oponente que foi lançado para longe. Goku se lançou contra ele em voo, enterrando seu punho esquerdo com força na face de Baby Bills, que reagiu bloqueando o próximo soco de direita com sua mão esquerda, desferindo um chute na cabeça que o afastou. O tsufurujin envolveu-se em uma aura densa de cor roxa e avançou rapidamente em um voo em curva, chegando a tempo de lhe acertar um chute nas costas. Ricocheteado para o outro lado, Goku girou e avançou novamente em direção ao seu oponente, que já vinha ao seu encontro, o que iniciou uma nova troca de golpes em alta velocidade.
Piccolo havia conduzido o grupo para um local mais afastado e seguro, de onde poderiam ver melhor a luta. Carregando o corpo de #17, ele o deixou recostado no chão em um canto de rocha, Marron continuava desolada e Gohan também se juntou a eles, já em seu estado normal.
— É uma pena que o Senhor Piccolo e eu não tenhamos conseguido outra Semente dos Deuses, já que até mesmo o Mestre Karin e o Yajirobe se tornaram servos do Baby, talvez pudéssemos tê-lo salvado.
— O Senhor #17 se matou porque não queria mais nos causar problemas, eu não pude fazer nada para impedi-lo. - comentou Uub. - No final, ele conseguiu vencer a influência que o Baby tinha sobre ele.
— Marron, eu sei que é difícil, mas não fique triste, o meu pai vai vencer esse monstro e depois vamos trazer ele e seus pais de volta com as Esferas do Dragão!
— Você promete Goten?
— Aham! - ele afirmou sorridente ao acenar com a cabeça e ela o abraçou.
— Não quero ser pessimista, mas espero que tenham razão, pois com o corpo do Senhor Bills, o Baby conseguiu derrotar o meu pai. - comentou Trunks. - Se ele derrotar o Senhor Goku também, nós realmente estaremos perdidos.
— Os dois são muito fortes e parece que estão equiparados. - disse Shin.
— Eu acho que não Senhor Kaioshin.
— O que quer dizer?
— O que o Senhor Gohan quer dizer é que o Mestre Goku ainda está testando os limites do Baby, que parece estar fazendo o mesmo com ele, a verdadeira luta ainda não começou.
— Está falando sério? - Shin questionou, pois estava impressionado com a intensidade do combate.
— Sim. - Uub respondeu. - Porém, assim como o Goten e a Pan, eu acredito que o Mestre Goku vai dar um jeito de vencê-lo, ele é o mais forte de todos e vai conseguir, eu tenho certeza!
Goku e Baby Bills giravam um ao redor do outro trocando golpes enquanto subiam, até que o tsufurujin viu a abertura para juntar as mãos e golpeá-lo na cabeça com um golpe de marreta, o saiyajin caía em linha reta como um meteoro azul quando aterrissou em pé e impulsionou-se para cima novamente, Baby já vinha ao seu encontro. Um estrondoso impacto que iluminou os céus aconteceu no ar, Goku foi afastado para a direita e Baby para esquerda, parados, ambos se encaravam em suas posições.
— Nada mau... saiyajin! Você é um pouco mais forte do que o Vegeta como imaginei.
— Eu também estou impressionado, acho que você deve ser muito mais forte do que o próprio Senhor Bills!
— Que bom que notou, vai se render agora?
— Heheh, agora é que eu não me rendo mesmo, estou emocionado por enfrentar um oponente tão forte, mesmo sendo um cara malvado!
— Típico de um saiyajin nojento... Contudo, agora sou o ser mais poderoso do universo, como pensa em me derrotar?
— Não sei, a verdade é que eu ainda não estou usando todo o meu poder.
— Que coincidência, pois eu também não.
— Então vamos continuar para descobrir quem de nós dois é mais forte!
— Vai se arrepender de ter dito isso, farei com que sinta toda a dor que o povo tsufurujin sofreu quando foi esmagado por vocês gorilas imundos!
Baby Bills envolveu-se em ki divino e partiu para o ataque, Goku interceptou sua investida se esquivando para o lado e esticando o joelho esquerdo. Com a perna cravada na barriga de seu oponente, ele gritou:
— Kaioken! - a aura esvoaçante de cor vermelha rosada se juntou como uma nova camada à aura calma do Super Saiyajin Blue.
Agora mais rápido e mais forte, Goku aproveitou para acertar o tsufurujin sem defesa com uma combinação de socos e chutes. Quando foi desferir o soco final do combo, o Instinto Superior funcionou novamente e esquivou o corpo de Bills para o lado, permitindo a Baby prender o braço do saiyajin entre o braço direito e o tronco do Deus da Destruição. Goku ficou indefeso, pois seu braço foi prensado em seu final, quase no ombro e então começou a ser torturado com chutes e joelhadas de perna direita que vinham em sua frente e socos de punho esquerdo nas costas. Baby ria, o que enfureceu Uub que assistia a tudo com os demais:
— Mestre Goku! - ele gritou querendo ajudá-lo, mas Gohan segurou seus braços.
— Se acalme Uub, não vai adiantar de nada você ir, ainda mais no estado em que está.
— Vovozinho... - Pan disse preocupada enquanto assistia.
— Kaioken Dez Vezes! - Goku gritou e a aura vermelha aumentou de tamanho, brilhando ainda mais, seu aumento de força permitiu-lhe virar um pouco o corpo para trás e acertar Baby Bills nas costelas com a canela esquerda, o que soltou o seu braço direito. Girando, Goku usou este braço para acertar um potente soco diagonal em seu oponente, atirando-o com violência contra um conjunto de rochas e sendo arrastado por muitos metros com tamanha força.
Goku novamente avançou e ainda indo para trás, Baby conseguiu se estabilizar para defender-se da rápida combinação que o saiyajin chegou lhe aplicando. Movendo-se pelo solo, a troca de golpes destroçava a tudo ao redor enquanto ambos aumentavam cada vez mais o ritmo de combate.
— Maldito saiyajin!
— Eu não vou perder! Kaioken Vinte Vezes!
Em um ritmo frenético, ambos saíram do chão e moveram-se em alta velocidade nos céus do Novo Planeta Plant, flashes de luz ressonavam a cada impacto. Goku recebeu um chute giratório com a perna esquerda, jogado para trás recuperou-se e voando em meia volta revidou com um soco de punho direito na face, Baby devolveu outro igual e o saiyajin contra-atacou com um chute de direita na diagonal do maxilar e um golpe de mão direita aberta abaixo da nuca, lançando-o para longe e posicionou então as mãos juntas em formato de concha ao lado direito do corpo.
— HA! - delas logo foi lançado um Kamehameha de grande potencial, Baby teve tempo apenas de cruzar os braços para proteger o rosto de tamanha energia, que passeava pelo céu rumo a impactá-lo contra a grande torre.
— Eu não vou deixar que... - Baby estava disposto a tancar o ataque para proteger a torre e ao se esforçar, parou de ser empurrado, mas o Instinto Superior de Bills atuou novamente, movimentando seu corpo em um giro vertical para frente, deixando o Kamehameha passar por baixo. - O que?! - o tsufurujin olhou para suas mãos e depois para trás desesperado, o ataque perfurou a torre, causando uma tremenda explosão no céus que despedaçou grande parte da mesma, fazendo-a vir abaixo.
— Aaaaah! - Vegeta gritou ao sentir o impacto ao lado de Whis, já que estavam próximos daquela torre.
— NÃO! - Baby olhou para aquela cena e em sua mente veio uma imagem de sua vida passada como rei dos tsufurujins, em que aquela mesma torre fora derrubada naquela noite de lua cheia no ataque dos Oozarus. - Maldito Instinto Superior imperfeito, malditos símios selvagens, maldito Son Goku!
Furioso, Baby Bills elevou o seu ki e partiu como foguete em direção a Goku, que foi acertado pelo soco investido de esquerda no tórax, agarrou-lhe então pelos cabelos e com o punho direito desferiu outro soco, no estômago, fazendo com que ele cuspisse um pouco de sangue. Ele então juntou as mãos e gritando, terminou com um golpe de marreta em suas costas, que o atirou diagonalmente contra o solo, causando um grande impacto.
— Essa não, papai! - gritou Goten.
— Senhor Goku! - gritou Trunks.
— Eu vou te apagar da existência! - Baby Bills ergueu suas mãos para o céu, formando uma esfera de energia negra que foi crescendo rapidamente, era a Bola de Rancor, mas tinha um aspecto diferente, seu núcleo brilhava em roxo ao invés de branco. - Hakai de Rancor!
Ele o arremessou e o ataque marchou em direção ao saiyajin que já estava de pé, ainda transformado, mas sem o Kaioken. Sem outra escolha, teve de segurar o ataque com suas próprias mãos, o que preocupou Whis a pensar consigo mesmo:
— (O Hakai em forma de energia não é tão eficiente quanto em sua forma direta e intangível, mas se o Senhor Goku ficar segurando por muito tempo, ele eventualmente será engolido e destruído por aquele ataque, por mais forte que seja. Ele precisa sair dali!)
Goku continuava segurando a esfera quando notou as rochas e construções ao seu redor se desfazendo em partículas, sentiu suas mãos formigando e preocupado elevou o seu ki, na tentativa de rebatê-la para longe.
— Desapareça para sempre saiyajin imundo! - Baby empurrou seu ataque, o qual começou a transpassar as mãos do saiyajin, que não estava disposto a entregar os pontos.
Goku elevou seu ki ainda mais, suas íris foram ficando mais claras e suas pupilas se dilatando. Eis que ele foi engolido por completo e o Hakai de Rancor seguiu desintegrando o chão e todo o resto em que tocava.
— Mestre Goku! - Uub gritou desesperado.
Foi quando o Hakai de Rancor foi rompido e implodido em partículas por uma energia branca em forma de galáxia que se expandiu.
— Finalmente, aquilo é... - disse Piccolo ao reconhecer o que estava vendo.
Brilhando intensamente, aquela galáxia foi sendo absorvida em um único ponto, restando apenas um indivíduo que estava envolto naquela energia brilhante, a qual foi se quebrando em partículas, revelando-o e deixando apenas a aura prata azulada que o envolvia. Ainda que com o gi um pouco chamuscado, Goku estava inteiro, seus cabelos em seu formato normal brilhavam em prateado ao esvoaçarem-se, as íris de seus olhos, também prateadas, envolviam as pupilas dilatadas e sua expressão era imponente.
Espantado, Baby tinha na mente de Bills o momento em que este viu aquilo pela primeira vez durante o Torneio do Poder:
— Isto é o...
— É o Instinto Superior! - afirmou Shin em êxtase.
— Kakarotto... - Vegeta conseguia vê-lo, mesmo de longe e junto dele, Whis sorria a refletir em seus pensamentos.
— (Sinto orgulho em ver como os anos se passaram e Son Goku se tornou um mestre que não depende mais de meus ensinamentos, o Instinto Superior dele se encontra em seu estado pleno e cada vez mais poderoso...)
— Desculpe a demora Baby, não achei que eu precisaria chegar a tanto tão cedo.
Aquele comentário enfureceu o tsufurujin, que desceu em diagonal ao seu encontro e veio em grande velocidade, mas para o saiyajin, tudo parecia estar em câmera lenta. Ele esquivou-se com perfeição do soco que o atingiria movendo levemente seu tronco para o lado, enterrando seu punho direito na face de seu adversário como revide. O golpe focalizado lançou Bills como um míssil a impactar contra as rochas que se despedaçaram.
— É incrível! - disse Uub, maravilhado.
— É isso aí vovô! - disse Pan.
Goku caminhava lentamente até seu inimigo enquanto este se reerguia.
— Malditos, como podem chegar a tanto?! Os saiyajins são uns verdadeiros monstros! - ele então reparou na expressão na face de Goku vindo até ele. - Esse miserável, não tem o direito... NÃO ME OLHE ASSIM, SAIYAJIN NOJENTO! - Baby se lançou precipitadamente outra vez, uma combinação de golpes veio contra o saiyajin. Seu corpo se esquivava como se estes estivessem lentos e Goku então reagiu novamente com um potente soco no estômago que o lançou sem ar para trás a arrastar os pés pelo terreno. - Não, não posso me deixar assustar, eu ainda não usei todo o poder que o corpo de Bills pode me proporcionar e por isso eu vou te matar! Son Goku, a verdadeira luta começa agora!
Baby Bills envolveu-se em sua aura roxa e densa de ki divino enquanto Goku parou sua marcha ao encará-lo. O maior dos combates continua...




Compartilhe este capítulo:

Autor(a): fagnerlsantos

Esta é a unica Fanfic escrita por este autor(a).

Prévia do próximo capítulo

Goku e Baby estavam frente a frente enquanto o vento passeava diante deles levantando poeira, o tsufurujin tinha a expressão maligna confiante de volta, enquanto o saiyajin permaneceu a encará-lo com sua expressão imponente.— Não importa que possua o Instinto Superior despertado e completo, eu ainda sou o mais forte... O mais forte do univ ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 0



Para comentar, você deve estar logado no site.


- Links Patrocinados -

Nossas redes sociais