Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -

Fanfic: TARDE DEMAIS PARA ESQUECER VONDY 1ª E 2ª TEMPORADA TERMINADAAA


Capítulo: 480° Capítulo

1430 visualizações Denunciar


Assim que Derick foi embora, Dulce continuou fazendo suas
compras e saiu do mercado com ele quase fechando. Chegou em casa por volta das
oito e meia, e com a ajuda do porteiro levou as compras até a cobertura de
Christopher.

Assim que abriu a porta, Christopher olhou para Dulce, e a
mesma sorriu, com as compras espalhadas no chão.

Dulce: Sua
dispensa estava vazia! *justificou-se e Christopher assentiu com a cabeça,
aprovando a atitude* Já jantou?
Chris: Estava esperando você!
*respondeu, levantando do sofá, e caminhando até ela* Na verdade, imaginei que
estaria no supermercado devido a demora.. chegou tarde!
Dulce: Controlando meus horários? *perguntou debochada, olhando para Christopher
desafiadora* Um bom sinal! *piscou, enquanto pegava uma sacola nas
mãos*
Chris: Sem gracinhas, Dulce.. por favor *cortou, caminhando com
ela até a cozinha com sacolas de compras em suas Dulce mãos* Já estou aceitando
a idéia de você morar aqui..
Dulce: Como você é ridículo.. *sorriu
irônica, negando com a cabeça* Deve estar morrendo para controlar sua
felicidade.
Chris: Não se iluda..

Ele disse, percebendo o tom
da conversa. Tinha que ser firme em sua decisão. Deixou a sacola em cima da
mesa, e virou-se com pressa até a sala, tentando fugir de Dulce. Mas fora
impossível. Sentiu aquelas delicadas e pequenas mãos lhe segurarem o braço com
força, o virando.

Dulce: Olha nos meus olhos, e me diga: eu
realmente estou me iludindo?


Chris: Dulce, pare com isso.. *Christopher pediu, tirando
o braço das mãos da ruiva e desviando o olhar* .. É melhor para mim e para
você!
Dulce: Juro que esse seu discursinho me cansa! *falou, com tom
de descaso e depois segurando com força os braços dele, o mirando nos olhos*
Para com essa maldita idéia! Desiste de tentar fazer eu te esquecer ou vice
versa!
Chris: Você não entende que isso é melhor? *esbravejou, a
olhando com a mesma intensidade* Por Deus, Dulce, eu sou um doente e não é justo
você ter que ficar comigo!
Dulce: Qual parte do eu te amo e quero
ficar com você, é difícil para sua humana inteligência
entender?
Chris: E qual parte do eu estou doente e posso morrer, você
também não consegue entender?
Dulce: Você não vai morrer, está me
escutando? *alterou o tom de voz, ficando séria e aparentemente mais nervosa* Se
você não parar de falar merda, eu vou ter que tomar outras
atitudes.
Chris: Mas é sério, Dulce! *ressaltou, revirando os olhos*
Eu tenho um tipo de tuberculose rara, tudo bem que tem cura, mas é um processo
de seis meses! Além do mais olha como estou ficando.. feio, magro, pálido
e..

Christopher não pode terminar de falar, Dulce fora mais rápido e
celou seus lábios com ele. Christopher a segurou nos braços a afastando, negando
com a cabeça.

Chris: Para com isso! Já pedi.. Nós dois não..
*Dulce pareceu não escutar, e lhe deu outro beijo* Dulce, por.. *E ganhou mais
um rápido beijo*.. Isso não.. *Dulce deu mais um beijo*.. Para.. *pediu, mas já
não saia do lugar e nem tentava segura-la, Dulce apenas celou os lábios mais uma
vez* Eu só..
Dulce: Você só precisa ficar calado!

Ela
completou, empurrando ele na porta e o deixando sem saída totalmente.


Chris: Você está parecendo uma ninfa maníaca.. *negou com
a cabeça, com a voz meio rouca e Dulce soltou uma gargalhada gostosa* Antes você
costumava a ser mais recatada!
Dulce: Com seis anos muitas coisas
mudam.. *analisou, o olhando sensualmente*
Chris: Você gosta mesmo de
uma mudança, não é?
Dulce: Sempre quando preciso e.. *parou de falar,
revirando os olhos* Aí, chega! Você fala muita merda e quem fala muita merda,
precisa de um castigo! *falou, e Christopher ficou a olhando, totalmente
perplexo* Se bem, que isso não será um castigo.. Uns dizem que até é um modo de
relaxar!
Chris: Dulce, o que você vai fazer?
Dulce: Nada que
a gente não tenha feito antes..

Christopher não teve nem um segundo para
respirar, pois Dulce tinha o agarrado e lhe dando um beijo cheio de feracidade.


Christopher tentou lutar contra todo seu desejo, mas fora
inútil. Dulce exercia poder sobre cada músculo de seu corpo, cada impulso
nervoso que seus neurônios transmitiam e cada artéria de seu
coração.

Dulce sorriu com vontade, quando sentiu as mãos de Christopher
segurarem com força sua cintura, e o beijo dele se intensificar. Enquanto virava
seus corpo, deixando ela, agora, entre a porta e ele. Dulce sorriu, esse sim era
o Christopher que ela amou, ama e sempre ia amar.

As mãos de Christopher,
foram subindo por debaixo do blazer de trabalho de Dulce, e a ruiva foi descendo
os beijos pelo pescoço de Christopher. O loiro, assim que sentiu a língua quente
de Dulce sobre seu pescoço, tirou por completo o blazer da mesma, deixando ela
apenas de sutiã. A ruiva sorriu pelo desespero dele, sentia falta desse jeito de
Christopher. Apesar dela sempre reclamar que Christopher era safado demais, ela
gostava. Gostava da brutalidade fundida com romantismo que ele tinha. Do
desespero que ele sempre tentava controlar. Da ânsia dos beijos. Do gemido dele
quando sentia cada toque de Dulce sobre seu corpo. Sentia falta por completo de
Christopher, e naquele momento, pode perceber que ele também sentia o
mesmo.

Christopher continuava acariciar os seios de Dulce, por cima do
sutiã, enquanto suspirava com os beijos e mordidas que recebia em seu pescoço.
Ele suspirou, puxando Dulce para trás, com o cabelo e mordiscou o lábio inferior
dela de leve. A ruiva sorriu, voltando a beijá-lo na boca, enquanto com as mãos
abaixava o short dele de algodão. Christopher imprensou mais o corpo de ambos,
quando percebeu que estava apenas de cueca, e fez Dulce sentir toda sua
excitação, que soltou um gemido, chupando o lábio inferior dele. O loiro nada
disse, apenas desceu os beijos até o colo dela, para depois alcançar os seios da
mesma.


Dulce soltou um gemido abafado ao sentir a língua de Christopher
sobre seu mamilo, e encostou a cabeça na porta, enquanto com uma de suas mãos,
entrelaçava nos cabelos do mesmo, como se pedisse para ele não parar
mais.

Depois de um tempo, Christopher foi descendo ainda mais seus
beijos, distribuindo-os pela barriga definida de Dulce que ele gostava tanto.
Deu um delicado beijo em cima do piercing no umbigo dela, que a fez sorrir. Em
seguida, desceu ainda mais, chegando até o zíper da calça da mesma. Ele sorriu
malicioso, e desceu suas mãos, que antes estavam acariciando o seio dela, para
abri-lo.

Dulce sorriu, suspirando o nome de Christopher em voz baixa. Ele
sorriu ainda mais, e quanto estava descendo o zíper, ambos escutaram o celular
de Dulce tocar assiduamente no local. A ruiva jurou de morte a pessoa que estava
a ligando, e Christopher, pareceu perceber o que estava fazendo, e de pronto, se
levantou. Ele encarou Dulce, com uma inexpressão e Dulce mordeu o lábio
inferior. Tinha caído na doce tentação, se recriminou ainda sentindo seu membro
pulsar por Dulce. Respirou fundo, e falou em um mumurro..

Chris: Atenda..
Dulce: Não.. vamos continuar..

Dulce falou, segurando
ele pelo pescoço, mas Christopher recuou, respirando com
dificuldade.

Chris: Pode ser importante..

A ruiva o olhou,
totalmente frustrada. Revirou os olhos, e caminhou até o sofá da sala, onde
estava seu celular. Atendeu, sem nem ao menos olhar o identificador, com um mau
humor notável.

Dulce: Alô!
Derick: Oi Dul, é o Derick..
só estou te ligando para combinar nossa saída!


Dulce: Ah, oi Derick! *Dulce falou, e viu a testa de
Christopher franzir de duvida* Podemos nos falar outra hora?
Derick: Está ocupada?
Dulce: Bom, mais ou menos.. *falou, ainda encarando
Christopher, que a encarava curioso*
Derick: Poxa, desculpa, mas achei
melhor ligar hoje para a nossa saída não passar de promessas de velhos
amigos..
Dulce: Pode deixar que não vai.. *abriu um sorriso fraco*
Amanha me liga e a gente combina!
Derick: Tudo bem, pode deixar.. e
desculpa se atrapalhei alguma coisa, sim?
Dulce: Não se preocupe..
Agora vou desligar, Derick.. um beijo!
Derick: Outro Dulce, amanhã
então nos falamos.
Dulce: Pode deixar, tchau..

Christopher
pareceu esperar Dulce desligar o telefone, para virar as costas e sair da
cozinha. Dulce revirou os olhos, prevendo que Christopher, provavelmente, faria
uma crise patética de ciúmes. Mas, como toda apaixonada, ela colocou rapidamente
seu blazer que estava jogando no chão, e foi atrás dele.

Dulce: Christopher, espere..

Falou, alcançando ele no meio da sala. Christopher
pareceu não escutar, e continuou andando.

Dulce: Vai me ignorar
agora, é? *revirou os olhos* Porra Christopher.. o que tem demais o Derick me
ligar?

Christopher parou de andar, e inspirou fundo, para depois se virar
e encarar Dulce. A ruiva chegou a se assustar com a chama de raiva que cobria a
íris castanha dele, e parou de falar e andar no mesmo momento. Apenas o encarou.


Chris: Não tem nada demais, nada! *ressaltou, em
um tom totalmente irônico* Ele te ligar do nada depois de seis anos, o que é
estranho nisso? Nada, né? *perguntou para Dulce, debochado* Pelo amor de Deus,
né?
Dulce: Christopher..
Chris: Ah.. *interrompeu, não
deixando Dulce falar nada*.. E ainda deviam estar cobinando alguma coisa, não é
mesmo?
Dulce: Você com ciúmes fica lindo, sabia? *sorriu de lado,
negando com a cabeça* Vejamos, para quem fez jogo duro para me dar um beijo, ter
ciúmes é um bom inicio, não é mesmo?
Chris: Não seja sarcástica, Dulce
Maria! *cortou, revirando os olhos* E não mude de assunto.. Porque o Derick te
ligou e como ele tem seu numero?
Dulce: Quantas perguntas.. *sorriu
ainda mais, contornando a sala e se sentando no sofá* .. para alguém que é
apenas meu colega de apartamento!
Chris: Pode parar de me irritar, por
favor? *perguntou, caminhando até ela* E responda..
Dulce: Satisfação?
Isso é coisa de namorado, não é?
Chris: Ah quer saber, foda-se!
*irritou-se por completo, voltando com os passos para longe dela* É melhor assim
mesmo.. Não tenho que te fazer nenhuma pergunta, alias eu sou..
Dulce: Eu encontrei ele hoje no mercado e ele me ligou pra gente combinar de
sair..

Cortou ele, pretendendo não escutar o discurso auto depressivo de
Christopher. O loiro assim que escutou Dulce, deu meia volta e caminhou até ela
mais uma vez.


Chris: Por isso que você demorou hoje, né? *franziu a
sobrancelha, sentando ao lado de Dulce no sofá*
Dulce: Nos encontramos
por acaso, foi tudo nada a ver..
Chris: E você vai sair com ele?
*perguntou, mordendo o lábio inferior, nitidamente enciumado*
Dulce: Claro, eu ele e o pessoal.. Se você quiser ir, ta chamado!
Chris: Mas
ele não chamou só você?
Dulce: Aí idai, Christopher.. *revirou os
olhos, cansada*.. Que papo chato, hein?
Chris: Pode deixar que esse
chato não ira lhe incomodar mais.. *respondeu, suspirando* .. Porque foi até
bom, sabia? Pelo menos ele não deixou eu fazer a loucura que você estava fazendo
eu cometer..
Dulce: Eu estava te fazendo cometer? *riu irônica,
começando a se irritar* Por Deus, seu corpo grita por sexo.. você foi, é e
sempre será assim.
Chris: Mas você estimula isso.. Você sabe que eu
não resisto e provoca mesmo.. *falou, grossamente, a acusando*
Dulce: Christopher.. *respirou fundo e depois o olhou nos olhos* Quem você está
querendo enganar mantendo nós dois separados? *revirou os olhos, bufando* Você
sabe que isso é um erro, merda! E a prova foi essa cena patética de ciúmes do
Derick.. *Christopher ameaçou falar, mas Dulce interrompeu* .. Você está me
cobrando o que? Fidelidade? Pelo que eu saiba eu sou livre e desimpedida..
*respirou fundo, levantando do sofá* Quer saber, Christopher? Parabéns por
hoje.. você realmente conseguiu me irritar! *virou de costas e saiu andando* Boa
noite!

Christopher tragou a saliva, quando viu Dulce dando passos largos
até o corredor. Merda, como sempre, ele havia vacilado. Se ele quisesse
realmente deixar ela viver a vida dela, com outro e sem ele, tinha que passar da
teoria. Ele devia aplicá-la também.

Sentiu o nervosismo correr em suas
veias, agora Dulce estava chateada com ele, e sua consciência pesada por ter
provocado tal briga. Levantou do sofá com pressa, a
chamando.

Chris: DUL..


Não pôde concluir a frase, sentiu um entupimento nas suas cordas
vocais e logo uma vontade louca de tossir. Ele caiu de novo sentado no sofá, com
a mão na boca, sentido sua garganta latejar e o ar parecer faltar na hora.
Queria parar de tossir. Queria respirar normalmente. Mas parecia que quanto mais
ele queira, mas acontecia ao contrario.


Dulce, assim que escutou a tosse de Christopher, voltou com
passos rápidos até a sala. E se deparou com uma cena, que preferia nunca ter
visto.

Christopher estava caído no sofá. Tossindo. Vermelho. Os olhos
cristalinos. Pálido. E uma fraquesa que ela nunca pensou ver na pele
dele.

Sentiu vontade de chorar ao vê-lo daquele jeito. Estava
desesperada. Quis acreditar que era um pesadelo e que quando acordasse, estaria
entre os braços dele, na cama. Mas a cena era real, para sua
infelicidade.

Não sabia como fazer a tosse dele acabar, como o ajudaria..
Por Deus, o que faria? Caminhou até ele, ajoelhando-se no chão, ficando na
altura dele do sofá. Segurou a mão de Christopher com força, enquanto chamava
pelo nome dele.

Dulce passou levemente as mãos nas costas do loiro, que
continuava a tossir, sem parar. Queria pedir ajuda, mas não queria deixá-lo
sozinho.

Dulce: Chris, respira com calma, vai..

Pediu,
tentando se manter forte. Abriu um fraco sorriso, confortante para Christopher,
ao ver que ele tentava respirar com calma. Queria mostrar que confiava nele.
Queria que ele apenas soubesse, que ia passar. Tudo passava.










Compartilhe este capítulo:

Autor(a): pattybarcelos

Este autor(a) escreve mais 18 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
- Links Patrocinados -
Prévia do próximo capítulo


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 9764



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • _cpaes Postado em 08/11/2018 - 20:19:37

    "Contando estrelas estou depois de muito tempo sem estar com você. Já estou na 99 e não consigo tirar você de minha mente. Talvez amanhã, ou talvez nunca o esqueça… Porque seu corpo era meu corpo e sua alma, meu complemento; porque dei de presente a você meus sorrisos e não sobrou nenhum; porque você me devorou por inteira. Agora, no seu suor vão embora minhas lágrimas. Buscando seu amor juntando lembranças estou, pois é a única coisa que me resta de você." — Dulce Amargo https://fanfics.com.br/fanfic/32512/te-quedaras-vondy-vondy-rebelde-rbd

  • dudinhah Postado em 10/10/2018 - 10:25:04

    Leio essa web Sempre ,e sempre percebo que a dul fez muita coisa para o ucker ,e no início ele não deu valor ,só queria saber de mulheres bonitas e no final ficou doente e que salvo ele foi ela, ele dizia que ela era o carma dele

  • kiritokun Postado em 04/07/2018 - 15:26:14

    Sou novo no site e essa é a primeira fic que eu tô lendo aqui e já confesso que estou adorando u.u parabéns!

  • eduardasousam Postado em 05/11/2017 - 12:47:41

    Gosta de Vondy? Leia minha fanfic: https://fanfics.com.br/fanfic/57347/quase-cinderela-vondy-vondy

  • mayanvondy Postado em 04/11/2016 - 21:55:41

    mayanvondy: leiam minha fanfic vondy -------------------------------------------------------------------------------- ------MÃE É QUEM CUIDA -VONDY-------------------------------------------------------------------------- -------------------https://fanfics.com.br/fanfic/55285/mae-e-quem-cuida-rebelde

  • dulcemariaeclp Postado em 20/08/2016 - 20:26:28

    Olá, Pessoal Gosta de Vondy? Então tenho um fanfic para você. Se puder conferir eu agradeço muito. Obrigada desde já. https://fanfics.com.br/fanfic/54739/alguns-anos-depois-vondy

  • bebezinhaa Postado em 14/06/2016 - 01:48:22

    Gnnt Dar Uma Olhada Na Minha Web

  • elis_vondy Postado em 30/04/2016 - 09:44:59

    Relendo, terceira vez que vou ler :') essa foi a primeira fanfic que eu li toda, kkk. Sério, amo essa demais <3

  • lovewf_ Postado em 28/02/2016 - 19:55:39

    Meu deus.. Sua fic é simplesmente pft :) Chorei muito lendo. É viciante.. :) em 5 dias já terminei de ler toda..:) Aí escreve outra fic.. Bjs

  • fanny_uckermann_saviñón_ Postado em 25/01/2016 - 21:08:06

    gente passem na mina web ? http://fanfics.com.br/fanfic/52048/continuacao-la-familia-dyu-vondy-ponny-chaver roni é a continuação lá familia vocês vão amar obg desde j a:)



AVISO

Ajude o Fanfics Brasil a se manter no ar. http://pag.ae/7UPKhhi9u

Doar PagSeguro

 


Últimas postagens do Blog


  • 8 dicas para se tornar um escritor de sucesso
    Fanfic é bom para passar o tempo, se desligar um pouco, ou - se você é um escritor especialmente auspicioso - ganhará uma tonelada de dinheiro. É que supostamente ganhou cerca de US$ 80 milhões, graças a 50 Tons de Cinza. Então, o que é...
  • Feliz dia do leitor
    Parabéns a todos os leitores(as) de fanfics pelo dia do leitor e principalmente aos criadores de conteúdo que proporcionam uma boa leitura. Você Conhece a Origem do Dia do Leitor? O Dia do Leitor foi criado em homenagem à fundação do jornal cearense O POVO...