Fanfics Brasil Fanfics Brasil
Cadastro
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -
- Links Patrocinados -

Fanfic: TARDE DEMAIS PARA ESQUECER VONDY 1ª E 2ª TEMPORADA TERMINADAAA


Capítulo: 482° Capítulo

1644 visualizações Denunciar


A tosse parecia rasgar sua garganta. Não conseguia mais
respirar. Christopher sabia que isso seria apenas uma crise, já tinha conversado
com médico, e ele tinha dito que apenas teria que esperar passar. Durante os
dois primeiros meses, era normal, se tivesse em estado de nervoso, algumas
crises aparecessem. Porém, Christopher não sabia que iria ser tão
cruel.

Olhou para frente, e viu sua pequena, agachada em sua altura, com
as mãos sobre a sua, com os olhos aflitos e amendontrados. Cristalinos.
Chorosos. E Christopher sentiu-se ainda pior por isso. Mas ao contrario de seus
olhos, ela possuía um sorriso encorajador em seus lábios, parecia querer
animá-lo, mostrar que ia conseguir e que aquele momento era só uma crise da
doença. E se orgulhou da força dela. Se orgulhou, por ela o amar tanto.
Christopher soube que Dulce estava tentando se manter forte, e isso deu mais
forças.

E o único medo que ele sentiu naquele momento. Não foi de
desmaiar. Não foi de parar de respirar. E tampouco, de morrer. Sentiu medo,
apenas, por Dulce. Medo de não a ver mais sorrir. Medo de não poder abraçá-la
mais uma vez. Medo, de nunca mais, tê-la em seus braços.

Com o tempo, ele sentiu que a vontade de tossir ia cessando e sua respiração,
aos poucos, voltava ao normal. Ele tirou a outra mão, em frente da boca, e Dulce
respirou aliviada. Christopher fechou os olhos por alguns segundos, sentindo-se
mais leve e mais.. vivo! Algumas lagrimas escorreram dos seus olhos – ainda
fechados – e Dulce o abraçou, falando em seu ouvido
carinhosamente.

Dulce: Já passou, Já passou..

Ele assentiu,
sentindo o prazer do ar entrar pela suas vias nasais sem nenhum impedimento.
Respirou mais uma vez fundo, e sentiu como se pingos caíssem em seu ombro e
soube que eram lagrimas da Dulce. Afastou a ruiva de seu corpo, obrigando-a a
mirá-lo.

Chris: Não chore..
Dulce: Eu.. só.. *falou,
fungando o choro* .. Você não sabe o quanto é bom saber que está
bem..
Chris: Não quero que chore nunca mais.. *limpou com o dedão
algumas lágrimas de Dulce* .. Foi apenas um susto..
Dulce: Eu sei, eu
sei que foi..

Ela concordou, o olhando e Christopher se crucificou ao ver
o olhar dela triste mesclado com medo e saber que era culpa dele.

E
soube, agora mais do que nunca, que Dulce merecia alguém melhor do que ele. Ele
não queria ver o mesmo olhar toda vez que tivesse uma crise. Ele sabia que era a
primeira de muitas e Dulce não merecia sofrer junto com ele.

A amava
demais para querer isso para ela. A amava demais, para saber, que pelo menos
agora, o melhor para ela, era longe dele. A amava demais, que um olhar triste
dela, era uma facada profunda em seu coração. E a amava tanto, que sacrificaria
sua felicidade, pela dela. E para poupar um suspiro triste, um olhar
amendontrado, ou qualquer algo ruim de Dulce, ele faria qualquer coisa


Chris: Olhe nos meus olhos..

Dulce o mirou. Com
tamanha intensidade da qual ele fazia. Percebeu que ele travava uma guerra
interior. Mas soube quem tinha ganhado, quando viu, em um mumurro, e com
lagrimas aprisionadas em seus olhos, suas palavras.

Chris: Olhe
para mim.. Olhe meu rosto pálido.. Olhe minha aparência doentia.. Me olhe,
Dulce.. *respirou fundo, quando viu que a mesma deixava algumas lagrimas caírem*
.. Seja sincera.. você acha que merece isso?

E Dulce o olhou, como ele
havia pedido. Olhou o rosto pálido dele. Olhou a aparência doentia do mesmo. O
olhou por completo.

Olhou o que ele podia ver.
Mais magro. Com a face
vermelha por ter ficado sem respirar por muito tempo. Olheiras profundas.
Aspecto cansado. Fraco.

Olhou, também, o que ele não podia.
Olhou por
dentro da aparência. Olhou internamente. Olhou que ele não era um doente. Olhou
que ele era a pessoa que ela amava. E ficou feliz com sua visão. Porque olhou
amor. Olhou amor dele por ela. Olhou amor dela por ele. E, a pedido dele, ela
olhou tudo melhor. E se antes já achava isso, agora tinha certeza que precisava
ficar com Christopher. Ontem. Hoje. E amanhã.

Dulce: Você quer que eu te responda mesmo? *perguntou, o mirando
intensamente*
Chris: Você sabe que eu falo a
verdade..
Dulce: Eu disse que eu não vim aqui para te abandonar, eu
não vim aqui para te perder,Eu não vim aqui acreditando que eu algum dia ficaria
longe de você. Eu não vim aqui para descobrir que minha fé pode fraquejar. Eu
fui trazida aqui pelo poder do amor.. a dádiva do amor!


Dulce o
olhou, acariciou o rosto dele, o que fez o mesmo fechar os olhos por um breve
segundo. Ela sorriu, se aproximou dele, colocando as pernas, uma para cada lado
do corpo do mesmo. Uma posição sensual, mas que naquela hora, para eles, era
apenas uma forma de ficarem mais unidos. Dulce, segurou o rosto dele, fazendo
Christopher a mirar nos olhos. Ela sorriu, deixando algumas lágrimas caírem de
seus olhos, e Christopher sorriu cúmplice, do mesmo jeito.

Dulce: Eu não sai da Espanha por pena, eu não estou com você por compaixão.. Eu te amo
e o que me faz ficar com você.. é apenas, o poder do amor.

E finalisou,
dando um beijo nos lábios do mesmo. Naquele gesto, Christopher entendeu, que por
fim, não tinha mais o porque querer Dulce longe.

A amava. Mas viu que o
pior sofrimento para ela, era estar sem ele. E sentiu a mesma coisa.
Correspondeu o beijo, porque, agora já não havia para que e porque
lutar.


Eram onze horas da manhã de um dia ensolarado, quando Dulce
acordou irritada por alguns raios solares que viam da janela mal fechada, em seu
rosto. Ela esfregou os olhos, bocejando, e depois os abriu, dando outro
bocejo.

Tentou se levantar da cama, mas sentiu um braço másculo
envolvendo sua cintura, a prendendo sobre seu corpo. Ela soltou um sorriso. Já
tinha até se esquecido como era bom dormir com o corpo colado com o de
Christopher. E foi aí que lembrou. Lembrou da noite anterior.. da briga, da
crise de tosse, da reconciliação, dos beijos, dos beijos mais quente, das roupas
voando pela casa, dos braços de Christopher segurando seu corpo enquanto a
levava até o quarto, dos mais beijos, das caricias, da união entre os corpos, do
amor.. Ela suspirou apaixonada.. É, o amor!

Com cuidado, se desfez dos
braços de Christopher, para não acordá-lo. Virou o corpo, dando um beijo na
testa dele, depois de admirar, apaixonada, por alguns segundos o quanto ele era
lindo dormindo.

Levantou da cama, nua, e caminhou até o banheiro, para
tomar um banho. Demorou mais ou menos meia hora e depois da higiene pessoal,
penteou os cabelos molhados para trás e vestiu um blusão velho de
Christopher.

Lembrou do antibiótico de Christopher e que já estava na
hora. Foi até a cozinha, pegou um copo d’agua e logo depois, acordou
christopher, lhe dando o comprimido. Ele tomou e bebu a agua, mas tudo com os
olhos fechados, ainda dormindo. Dulce sorriu, ele devia estar cansado mesmo.
Analisou, sorrindo mais uma vez.

Saiu do quarto, para preparar o café da
manhã e foi só chegar na cozinha, que escutou o telefone tocando.

Dulce: Bueno..
Maite: Oi amiga..
Dulce: Mai?
Maite: Não, sua vó.. *escutou Dulce sorri do outro lado da
linha,e Maite continuou* Tudo bem, ruiva?
Dulce: Tudo e
contigo?
Maite: Também.. te liguei para saber como está.. você e
Christopher? Ainda brigados?
Dulce: Meu bem, ontem a gente se
entendeu.. *sorriu apaixonada, e deu um suspiro logo depois* Que noite, amiga! É
brincadeira não, mas a noite foi longa..
Maite: Opa! Estou sentindo
que foi sexo animal até madrugada..
Dulce: Maite.. *Dulce gargalhou,
negando com a cabeça* Na verdade, a gente começou brigando porque ele teve
ciúmes do Derick..
Maite: Derick? *interrompeu, confusa* Viu ele por
ai?
Dulce: Unrum.. encontrei com ele no supermercado! Mas enfim, deixa
eu continuar.. Aí brigamos e depois ele teve uma crise.. Ain amiga, foi tão
triste! *suspirou, lembrando da cena, mas logo depois negou com a cabeça* Mas
passou.. porque é normal da doença, né? Aí eu fui até ele, a gente conversou e
eu, graças a deus, consegui convence-lo que a gente ficar longe é uma baita de
uma besteira..
Maite: Ah, que bom, Dul! *disse, sincera* Fico muito
feliz por vocês...
Dulce: Obrigada, friend.. Mas bom, depois da
reconciliação, aí sim, entra a noite de sexo aí que você disse.. e dos melhores,
viu? *escutou a risada de Maite do outro lado da linha e sorriu junto* Ai amiga,
estou com saudades.. vamos nos ver? Eu, você e Anahí..
Maite: Então,
foi para isso mesmo que liguei.. Hoje é domingo, podíamos jantar junta as três..
eu tenho novidades!
Dulce: Novidades? Opa! *sorriu animada* O que é?
Conta..
Maite: Vou só contar, mas vou explicar só a noite tudo bem?
Porque garanto que Anahí também vai querer explicações e eu vou ficar com muita
preguiça de explicar duas vezes.. *revirou os olhos, fingindo
cansaço*
Dulce: Ta, tudo bem.. Mas conta logo! *falou,
curiosa*
Maite: Dul.. *suspirou, e depois soltou um sorriso* .. Estou
namorando, amiga!

Dulce: Para tudo.. *Dulce falou, abrindo um sorriso*.. Então você e
Christhian se entenderam? *soltou um gritinho animada* Que bom, amiga! Estou
muito..
Maite: Dulce.. *Maite interrompeu, com voz séria* .. Não
existe mais eu e Christhian!
Dulce: Não? *franziu a testa, em duvida*
Como assim? Mas..
Maite: Como assim o que? *Maite perguntou, revirando
os olhos* Só existe o Christhian de homem no mundo para mim?
Dulce: Ui.. não precisava ser grossa! *negou com a cabeça e depois mudou o assunto* Mas
então, quem é o galã?
Maite: Bom, o nome dele é Eugenio! Ele é lindo,
Dul, você tem que ver..
Dulce: Como vocês se
conheceram?
Maite: No tribunal.. *sorriu, negando com a cabeça* .. Mas
hoje a noite eu te conto tudo, pode ser? Ainda tenho que ligar para
Anny!
Dulce: Tudo bem, amiga! Vai lá.. e Parabéns pelo namoro,
hein?
Maite: Obrigada, Dul.. beijos!

Dulce desligou o telefone,
colocou em cima da bancada e continuou preparando o café.

Deu um
sorrisinho, por Maite, estava feliz pela amiga! Mas algo lhe dizia, que Maite
não gostava desse tal de Eugenio. Não sabia o porque, podia ser muito fantasiosa
ou ser uma boba que acreditava em contos de fadas, mas ainda sim, com tudo,
acreditava que existia algo entre Christhian e a morena.

Mas não ia se
meter. Maite estava com outro, e se ela diz estar feliz assim, Dulce não ia
dizer mais nada.


Chris: Bom dia, pequena!

Christopher falou,
chegando por trás da ruiva, que colocava o leite no copo, e lhe dando um beijo
carinhoso no pescoço.

Dulce: Bom dia, coelhinho! *Dulce sorriu,
inclinando-se e dando um rápido beijo nos lábios de Christopher* Servido?
*apontando para o leite*
Chris: Unrum.. faz um Nescau para mim, por
favor?

Dulce assentiu, indo pegar um xícara no armário. Christopher
caminhou até a cadeira e sentou, dizendo, enquanto observava
Dulce.

Chris: Sabe que eu estava pensando, pequena? *falou,
fazendo Dulce virar o olhar para ele* Hoje é domingo, podíamos fazer um jantar
especial aqui, para mim e para você.. comemorar nossa volta!
Dulce: Ah, Chris, eu adoraria.. mas a Maite me ligou, hoje cedo, chamando para jantar
com ela! *falou, e voltou a olhá-lo* Vamos deixar para amanha?
Chris: Tudo bem né.. fazer o que se fui trocado? *falou, fazendo
charme*
Dulce: Oh coelhinho, esse charme comigo não funciona mais..
*sorriu, e Christopher sorriu junto* Mas, amor, porque você não aproveita e
chama o Christhian e o Poncho para cá?
Chris: É verdade, vou fazer
isso mesmo.. *pensou e depois sorriu* Ótimo! Hoje tem jogo do América mesmo, vou
ligar para eles daqui a pouco.
Dulce: Toma.. *disse, entregando o
Nescau preparado para ele e depois sentando ao lado dele na mesa*

Chris: Obrigado, pequena! *sorriu, soprando um beijo para ela* Mas
você irá demorar muito na Maite? Dormir por lá?
Dulce: Não sei..
porque?
Chris: Porque podíamos depois aproveitar, né? *piscou para
ruiva, malicioso*
Dulce: Estava demorando.. *sorriu, negando com a
cabeça* Mas confesso que senti falta do seu fogo!
Chris: E confesso
que foi difícil segurá-lo! *os dois sorriram juntos e Christopher continuou* Mas
falo sério, vê se não demora!
Dulce: Ela irá nos contar do namoradinho
dela só.. não devo demorar!


Chris: Namoradinho? *arqueou o cenho, surpreso* Maite
está namorando?
Dulce: Está.. *assentiu, e suspirou* .. Falou que vai
contar a história para mim e para Anny hoje a noite!
Chris: Acho que o
Christhian não vai gostar muito de saber..
Dulce: Christopher.. é
melhor você não falar nada!
Chris: É meu amigo, po!
Dulce: Bom, a Maite não falou que era segredo, mas mesmo assim..
Chris: Ah
Dul, se ele comentar dela, eu vou dizer! *falou, bebendo o gole do Nescau* Mas
quem é o ser? Alguém que conheço?
Dulce: É do trabalho dela! Um tal
de.. *tentou lembrar o nome* .. Eugenio, isso!
Chris: Eugenio?
*gargalhou e depois negou a cabeça* Que fase da Maite!
Dulce: Deixa de
ser idiota.. *sorriu junto, dando um tapa leve no ombro de Christopher* O que
importa é que ele seja um cara legal! *Christopher fez uma cara de tédio e Dulce
sorriu* Insensível!

Christopher sorriu, e ele e Dulce continuaram
conversando sobre amenidades, trocando alguns beijos e depois acabaram de tomar
café.

Dulce foi até a sala, ver televisão e Christopher a seguiu,
sentando ao lado dela, mas pegando o telefone para combinar a tarde com os
amigos.





Compartilhe este capítulo:

Autor(a): pattybarcelos

Este autor(a) escreve mais 18 Fanfics, você gostaria de conhecê-las?

+ Fanfics do autor(a)
- Links Patrocinados -
Prévia do próximo capítulo

Christhian: HOJE O JOGO É NOSSO!Christhian gritou, assim que Christopher abriu a porta da casa dele. Anahí e Alfonso estavam do lado, sorriam para Christopher e logo depois o cumprimentaram.Anahí: Ainda bem que chegamos! *comentou a loira, enquanto entrava na casa* Não agüentava mais esse esclerosado falando que o América vai ...


  |  

Comentários do Capítulo:

Comentários da Fanfic 9764



Para comentar, você deve estar logado no site.

  • _cpaes Postado em 08/11/2018 - 20:19:37

    "Contando estrelas estou depois de muito tempo sem estar com você. Já estou na 99 e não consigo tirar você de minha mente. Talvez amanhã, ou talvez nunca o esqueça… Porque seu corpo era meu corpo e sua alma, meu complemento; porque dei de presente a você meus sorrisos e não sobrou nenhum; porque você me devorou por inteira. Agora, no seu suor vão embora minhas lágrimas. Buscando seu amor juntando lembranças estou, pois é a única coisa que me resta de você." — Dulce Amargo https://fanfics.com.br/fanfic/32512/te-quedaras-vondy-vondy-rebelde-rbd

  • dudinhah Postado em 10/10/2018 - 10:25:04

    Leio essa web Sempre ,e sempre percebo que a dul fez muita coisa para o ucker ,e no início ele não deu valor ,só queria saber de mulheres bonitas e no final ficou doente e que salvo ele foi ela, ele dizia que ela era o carma dele

  • kiritokun Postado em 04/07/2018 - 15:26:14

    Sou novo no site e essa é a primeira fic que eu tô lendo aqui e já confesso que estou adorando u.u parabéns!

  • eduardasousam Postado em 05/11/2017 - 12:47:41

    Gosta de Vondy? Leia minha fanfic: https://fanfics.com.br/fanfic/57347/quase-cinderela-vondy-vondy

  • mayanvondy Postado em 04/11/2016 - 21:55:41

    mayanvondy: leiam minha fanfic vondy -------------------------------------------------------------------------------- ------MÃE É QUEM CUIDA -VONDY-------------------------------------------------------------------------- -------------------https://fanfics.com.br/fanfic/55285/mae-e-quem-cuida-rebelde

  • dulcemariaeclp Postado em 20/08/2016 - 20:26:28

    Olá, Pessoal Gosta de Vondy? Então tenho um fanfic para você. Se puder conferir eu agradeço muito. Obrigada desde já. https://fanfics.com.br/fanfic/54739/alguns-anos-depois-vondy

  • bebezinhaa Postado em 14/06/2016 - 01:48:22

    Gnnt Dar Uma Olhada Na Minha Web

  • elis_vondy Postado em 30/04/2016 - 09:44:59

    Relendo, terceira vez que vou ler :') essa foi a primeira fanfic que eu li toda, kkk. Sério, amo essa demais <3

  • lovewf_ Postado em 28/02/2016 - 19:55:39

    Meu deus.. Sua fic é simplesmente pft :) Chorei muito lendo. É viciante.. :) em 5 dias já terminei de ler toda..:) Aí escreve outra fic.. Bjs

  • fanny_uckermann_saviñón_ Postado em 25/01/2016 - 21:08:06

    gente passem na mina web ? http://fanfics.com.br/fanfic/52048/continuacao-la-familia-dyu-vondy-ponny-chaver roni é a continuação lá familia vocês vão amar obg desde j a:)



AVISO

Ajude o Fanfics Brasil a se manter no ar. http://pag.ae/7UPKhhi9u

Doar PagSeguro

 


Últimas postagens do Blog


  • 8 dicas para se tornar um escritor de sucesso
    Fanfic é bom para passar o tempo, se desligar um pouco, ou - se você é um escritor especialmente auspicioso - ganhará uma tonelada de dinheiro. É que supostamente ganhou cerca de US$ 80 milhões, graças a 50 Tons de Cinza. Então, o que é...
  • Feliz dia do leitor
    Parabéns a todos os leitores(as) de fanfics pelo dia do leitor e principalmente aos criadores de conteúdo que proporcionam uma boa leitura. Você Conhece a Origem do Dia do Leitor? O Dia do Leitor foi criado em homenagem à fundação do jornal cearense O POVO...